Lucas Modesto, Growth Manager da VMLY&R 🌟



Nos conte sobre os aplicativos que trabalha



Hoje sou responsĂĄvel pelo nĂșcleo de Growth para Apps da VMLY&R, uma das maiores agĂȘncias globais da WPP.

Trabalhamos com alguns dos grandes aplicativos do brasil como ShellBox, BanQi, Casas Bahia, Deezer, Nespresso, Tintas Coral, Vivo, Habib's, Starbucks e Uber Eats.

Temos operação de mesa de performance dedicada para ShellBox, BanQi, Deezer e Nespresso.

Na Deezer fazemos campanhas de UA para o Brasil e outros paĂ­ses do mundo.


Como vocĂȘ entrou no mundo dos Apps?


Eu trabalho com mĂ­dia digital de performance desde os 16 anos de idade.

Estou prestes a completar 19 anos de experiĂȘncia na ĂĄrea.

Tenho uma base muito sĂłlida de dados onde trabalhei muitos anos como business intelligence. HĂĄ 5 anos atrĂĄs enxerguei uma oportunidade no mercado de Apps no Brasil e fiz uma proposta para o meu CEO para criarmos um nĂșcleo especializado em App Growth no Brasil.

Iniciamos com um cliente e hoje temos quase 10 apps e os maiores do Brasil. Cada vez estamos adquirindo mais know how e conseguindo dividir nosso conhecimento com outras VMLY&R pelo mundo.


O que Ă© necessĂĄrio para ter sucesso nesta indĂșstria?


NĂŁo existe uma fĂłrmula de receita pronta, por isso, vocĂȘ precisa testar, aprender e evoluir. Vejo alguns clientes que querem fazer as campanhas mais sofisticadas de mĂ­dia, mas esquecem do bĂĄsico de mapear corretamente os eventos e criar os deep links no aplicativo.

As campanhas de mĂ­dia nĂŁo resolvem produtos ruins.

Se vocĂȘ quer ter sucesso nessa indĂșstria, vocĂȘ precisa criar um produto que resolva as dores do cliente e tenha uma boa experiĂȘncia de uso.


O que Ă© um usuĂĄrio de qualidade?


Muitas empresas ainda acreditam que fazer aquisição de usuårios para o aplicativo é apenas trazer downloads para dentro do app.

Aí é que estå o principal erro, pois precisamos fazer aquisição de clientes com um KPI de negócio.

O download Ă© apenas a ponta do iceberg, entĂŁo precisamos focar nos eventos que esse usuĂĄrio faz no funil de conversĂŁo.

Esses KPIs vão depender do estågio de maturidade de cada cliente, não podemos evoluir para uma estratégia de LTV e ROAs se não temos um volume de dados o suficiente para otimizar as campanhas.


Que estratégias funcionam melhor para transformar as instalaçÔes em usuårios de grande valor?


Hoje com a evolução das plataformas de mídia onde operamos as campanhas através de Machine Learning. A melhor estratégia é darmos sinais de aprendizados através de eventos in-app do aplicativo.

Se o meu KPI de negĂłcio Ă© uma assinatura dentro do app, preciso criar um in-app event que dispara toda vez que acontece essa assinatura e utilizar esse evento para otimizar as plataformas de mĂ­dia.

Dessa forma o algoritmo vai encontrar pessoas com o mesmo comportamento das pessoas que estĂŁo assinando no meu app.

A tendĂȘncia Ă© o custo de instalação ficar mais caro, mas trazer usuĂĄrios mais qualificados para assinar no seu aplicativo.


Qual projeto foi mais desafiador para vocĂȘ? Porque?


Foi o projeto do aplicativo da Raizen - ShellBox, pois tivemos que fazer uma mudança completa de mindset da companhia e criarmos uma operação de mídia de performance alocada no escritório deles.

Hoje temos uma cultura muito forte de Growth na companhia onde estamos conseguindo bater as metas de negĂłcios e decolar o aplicativo.


Como a pandemia impacto da industria?


No geral o impacto foi muito positivo para a indĂșstria de aplicativos.

A Pandemia acelerou a transformação digital e traz novos hĂĄbitos para um pĂșblico que nĂŁo estava acostumado com home office, pedir comida, fazer mercado e compras pela internet.

O aplicativo do auxĂ­lio emergencial do governo foi um dos mais baixados no Brasil na Ă©poca de quarentena.

Hoje podemos ver um grande crescimento na europa de downloads dos aplicativos de passaporte da vacina.


Que mudanças vocĂȘ percebeu no segmento de seus Apps em 2020?


Tivemos uma grande evolução onde todos os meses era um resultado de uma black friday. Crescemos muito e conseguimos trazer nossos clientes para outro patamar. Não só aquisição de clientes, mas trazer os clientes mais qualificados que deixam mais receita para as empresas.


Como vocĂȘ faz para se manter atualizado com as novidades da indĂșstria de Mobile Marketing?


Hoje sou um dos fundadores do grupo de whatsapp galera do app growth com mais de 270 clientes do mercado de aplicativos no Brasil.

Como fundador eu preciso sempre estar atento às mudanças no mercado e para isso conto com ajuda dos meus parceiros para me passar conhecimento. Além disso, tenho uma cobrança interna de sempre trazer coisas novas para os nossos clientes que com isso me motivam para estar sempre aprendendo.


Na sua opiniĂŁo, qual serĂĄ a prĂłxima grande tendĂȘncia em Mobile Marketing?


Hoje acredito que seja como nos adaptarmos Ă s leis de privacidade sem perdermos performance nas campanhas de mĂ­dia.

Podemos observar um grande movimento dos anunciantes de migrar o investimento de IOS para Android.

O Google estå indo para o mesmo caminho de privacidade. Devemos sair da era da previsão para predição onde vamos utilizar cada vez mais machine learning para anålises de atribuição.

O profissional de mĂ­dia estĂĄ cada vez menos tempo apertando botĂŁo dentro de uma plataforma e precisando entender de negĂłcio.

Hoje sou um profissional completo com um olhar muito forte pro produto e criativos, pois sei que essas são as engrenagens fundamentais para uma boa estratégia de Hyper Growth.